atalho_busca
atalho_menu
atalho_destaque
 
 
 

Nos últimos anos, houve o crescimento do esporte no Brasil e no mundo. Aliado a isso no nosso país, algumas áreas da saúde relacionadas ao esporte passaram a ter maior evidência, dentre elas a Fisioterapia Desportiva. Com o aumento da competitividade, do profissionalismo no esporte e do crescente apoio da iniciativa privada, entre outros fatores, o profissional especialista em Fisioterapia Desportiva vem ganhando espaço na equipe multidisciplinar, atuante de forma integrada em prol de um rendimento maior do atketa, ao lado dos médicos, educadores físicos, massagistas, psicólogos e nutricionistas.

Para muitos, essa área fa Fisioterapia é apenas uma intervenção indicada no processo de reabilitação de lesões sofridas por atletas, mas na verdade, é apenas uma intervenção indicada no processo de reabilitação de lesões sofridas por atletas, mas na verdade, é muito mais do que isso. A Fisioterapia Desportiva dedica-se não somente ao tratamento do atleta lesado, mas também à adoção de medidas preventivas a fim de reduzir a ocorrência de lesões.

O trabalho preventivo deve ser delineado de maneira eficaz com base no levantamento dos fatores de risco das lesões referentes à modalidade esportiva específica, através de avaliações posturais, cinéticas e cinemáticas. Principalmente no período antecedente às competições, os atletas devem ser avaliados com o enfoque de detectar possíveis alterações biomecânicas e neuromusculares, a partir das quais o fisioterapeuta elabora um plano de treinamento de caráter preventivo.

Um adequado trabalho preventivo, além de melhorar a performance dos atletas, certamente traz economia para o clube/equipe, sendo necessários menos recursos financeiros no tratamento destas lesões. A Fisioterapia Desportiva tem buscado as mais diversas possibilidades para que cada vez menos lesões venham a ocorrer durante estas atividades desportivas. Um exemplo são os exercícios proprioceptivos, que, implementados no dia-a-dia dos atletas, têm demonstrado a sua eficácia no equilíbrio e senso de posição articular, além da melhora da resposta sensório motora e a sua eficácia é comprovada através de diversos estudos científicos. Além destes, o Core Training, técnica de fortalecimento e estabilização do centro do corpo, transmitindo foça sinérgica aos membros e estabilidade segura aos movimentos explosivos do esporte, também traz um diferencial para os atletas.

Já quando se fala em atendimento aos atletas lesionados, condição inerente aos esporte e frequente durante todo o ano, é necessário compreender o protocolo onde o então paciente deve ser encaminhado ao Departamento Médico-Fisioterápico para avaliação médica e fisioterapêutica e elaboração do diagnóstico e do tratamento a ser realizado (prescrito e supervisionado pelo fisioterapeuta). O retorno pleno do atleta é progressivo e gradual, respeitando sempre o equilíbrio entre a sua capacidade e a demanda das atividades. O processo de veto ou liberação do atleta para a prática esportiva, treinos e jogos é uma decisão conjunta entre médico e fisioterapeuta.

Com base na necessidade do crescimento da Fisioterapia Desportiva, o nosso site tem o objetivo de divulgar, informar e fomentar discussões enriquecedoras entre os profissionais atuantes na área, para o engrandecimento da profissão tão necessária.

 
 
Arivan Oliveira Gomes Junior
Diretor Geral
   
 
Bruno Serafim
Colaborador
Cassiano Costa
Colaborador
 
Fernando Neto
Colaborador
Maurício Garcia
Colaborador
 
Caio Ferreira
Colaborador
   
 
atalho_publicidade
 
 
Seja um Parceiro.
 
atalho_parceiro
  •  
    Daniel Cady
  •  
    Júnior Cigano dos Santos
  •  
    Sonafe
  •  
    Nordeste MMA Team
  •  
    Aldeia CrossFit
 
 
 
 
Conceito
Equipe
Artigos
Colunas
Entrevistas
Eventos
Notícias
Empresas
Profissionais
 
 
 
Copyright 2015 . Todos os direitos reservados
Desenvolvido por